Para qualquer edificação é normativo a execução de uma investigação geotécncia, constituido no minimo de sondagens a percussão.

Quando feitos de forma inadequada, as sondagens provocam diversos problemas, como gastos inesperados, atraso no cronograma, manifestações patológicas e até o colapso da edificação.

Por isso, é muito importante que você contrate uma empresa qualificada para realizar essa etapa da obra.

Para ajudar na escolha, elaboramos este texto, no qual você poderá conferir os principais critérios para realizar a contratação. Continue lendo!

Critérios de avaliação fundamentais na escolha da empresa de sondagem

O trabalho de investigação geotécnico é um dos mais difíceis para o contratante fiscalizar. Por isso, a empresa contratada deve ter credibilidade e seriedade. Para que a sondagem apresente informações confiáveis e seguras, é essencial que a contratação da empresa seja baseada em alguns critérios importantes. São eles:

1. Qualidade dos equipamentos e materiais utilizados

Existem algumas certificações no mercado que podem comprovar que a empresa é de qualidade, assim como seus equipamentos e materiais. Tendo isso em vista, é fundamental que o contratante faça uma visita à empresa e verifique se os equipamentos são padronizados e os profissionais que realizam a classificação dos materiais são certificados.

Empresas que são membros da Associação Brasileira de Geologia e Engenharia (ABGE) e da Associação Brasileira de Empresas de Engenharia de Fundações e Geotecnia (ABEF) têm credibilidade e, consequentemente, fornecem tranquilidade ao serem contratadas. Certificados como GeoSelos também são importantes.

2. Execução técnica

Por meio da sondagem de solo, são coletadas informações como:

  • profundidade do maciço rochoso;
  • ocorrência e profundidade do lençol freático;
  • informações quanto à compacidade, consistência e resistência dos solos;
  • perfil geotécnico do local investigado;
  • definição das camadas de solo e de suas respectivas características;
  • identificação de antigos aterros;
  • identificação de material orgânico no solo.

A partir dessas informações, são determinados os tipos de fundação que podem ser realizados e, por isso, é uma etapa que não pode apresentar erros. Ao realizar a fundação, caso seja constatado que as informações obtidas após a sondagem não são condizentes com a realidade, é necessário refazer a investigação geotécnica.

Esse procedimento é oneroso e exige a paralisação das atividades, interferindo no prazo e no custo final da obra. A sondagem deve ser realizada de acordo com a NBR 6484, que aborda sua execução, enquanto o projeto e a execução das fundações devem obedecer à NBR 6122.

Estude essas normas e verifique se os procedimentos realizados pela empresa estão de acordo com as prescrições normativas e requisitos mínimos, tanto em relação aos equipamentos quanto no que se refere às certificações dos profissionais responsáveis.

3. Preço justo

A sondagem preliminar fornecerá informações sobre a estratigrafia do solo, classificação de cada camada, posição do nível de água e medida do índice de resistência à penetração. Caso não sejam conclusivas, é necessário realizar uma investigação geotécnica complementar e obter conhecimentos de parâmetros adicionais, para, enfim, dimensionar as fundações.

As sondagens preliminares realizadas a trado e à percussão são mais baratas que a sondagem complementar, uma vez que essa é rotativa e precisa avançar mais no solo, pois busca investigar a rocha. Em razão disso, os projetos que envolvem apenas sondagem preliminar são mais baratos que aqueles que também envolvem sondagem complementar.

Independentemente do valor final, é importante que todas essas etapas sejam feitas corretamente, assim as informações necessárias serão colhidas. Caso o contratante tente economizar nessa etapa — seja optando pela empresa que oferece o orçamento mais barato, mas não apresenta nenhum dos atributos citados anteriormente, seja por eliminar alguma etapa —, os prejuízos e consequências podem ser severos.

O principal risco resultante de uma sondagem de má qualidade é o colapso total da obra, uma vez que o cálculo da resistência do solo não foi realizado corretamente. Outro risco é de a fundação ser mais cara e trabalhosa do que realmente é necessário, reduzindo o lucro final da obra.

A sondagem de solo é cobrada por metro quadrado e muitas empresas cobram a partir de uma metragem mínima de perfuração. Inclusive, o custo da sondagem é insignificante quando comparado às demais etapas da obra. A equivalência geralmente é de 0,5% do valor total da obra.

4. Relatórios

O relatório de sondagem é a base utilizada pelo projetista para realizar o projeto da fundação. Nele, devem constar as informações obtidas por meio da investigação geotécnica referentes às características e comportamentos do solo, como:

  • data de realização das sondagens;
  • responsável técnico pelas sondagens;
  • cota do topo do furo;
  • profundidade do furo;
  • nível de referência do furo;
  • locação e coordenadas dos furos;
  • indicação do nível d’água após 24 horas;
  • descrição dos equipamentos utilizados na sondagem;
  • descrição do revestimento utilizado;
  • descrição detalhada das amostras coletadas;
  • indicação do perfil geográfico e legenda;
  • notas e observações para qualquer tipo de esclarecimento.

Ao obter um relatório preciso, o projetista poderá elaborar um projeto sem fazer uso de fatores de segurança elevados, resultando em um projeto mais econômico. Um relatório preciso e bem elaborado terá mais referências técnicas e executivas, e deve ser realizado por uma empresa com certificação da ABGE ou de outras certificações, conforme citamos anteriormente.

O relatório também precisa ser elaborado por um profissional certificado e registrado no conselho de sua classe profissional, em um layout bem-feito, de forma que as informações sejam facilmente visualizadas e compreendidas.

5. Experiência comprovada

Para analisar o desempenho da empresa frente a outras obras realizadas, você pode analisar o histórico de obras realizadas e até mesmo entrar em contato com os clientes anteriores. Além disso, a experiência é comprovada por meio do atestado técnico, que é uma declaração que atesta que a empresa já executou esse tipo de serviço.

Sobretudo, a experiência da empresa não deve ser medida por sua idade e sim pelos serviços realizados e pela capacidade técnica de seus colaboradores. Entre uma empresa que conhece a região e outra de mesmo nível que não conhece, é mais interessante optar pela empresa que já realizou ensaios e relatórios no local — assim, é possível reduzir imprevistos.

A sondagem de solo deve ser bem-feita, evitando problemas como colapso da estrutura, gastos desnecessários com a fundação ou até mesmo paralisação da obra para revisão da sondagem. Por isso, é importante que a empresa contratada apresente os 5 critérios descritos neste texto.

A APL Engenharia é uma empresa com dedicação exclusiva à geotecnia de fundações, apresenta todos os selos e certificações citadas, assim como todos os critérios aqui descritos, portanto, não deixe de entrar em contato com a gente!