A estaca hélice contínua monitorada é uma fundação do tipo profunda, de concreto moldado in loco. A sua execução é mediante a introdução de um trado helicoidal em rotação no terreno para posterior injeção de concreto pela haste central do trado simultaneamente à sua retirada.

Esse processo executivo torna a hélice contínua uma das melhores soluções de fundações, uma vez que pode ser utilizada em diversos tipos de solo, com presença ou ausência de nível de água, e apresenta elevada produtividade, qualidade e excelente custo-benefício.

Quer saber mais sobre o processo executivo e as vantagens dessa fundação? Então, continue lendo!

Processo executivo das fundações em hélice contínua

O processo executivo consiste, primeiramente, em realizar a escavação da estaca, com o diâmetro e a profundidade definidos pelo projeto geotécnico. Nessa etapa, o solo é perfurado de forma contínua, sem a retirada do material escavado o que garante a integridade das paredes laterais do furo.

Quando a cota de assentamento da ponta da estaca é alcançada, inicia-se o processo de lançamento do concreto. Esse processo é realizado simultaneamente à retirada do trado com o solo escavado, o que impede o desconfinamento das paredes laterais do furo.

Após a conclusão da concretagem, são realizados o içamento e a introdução da armadura. Para que seja possível, é essencial que o concreto utilizado apresente o slump adequado. A recomendação é que o abatimento seja de, no mínimo, 25 +–2 cm.

Quando a armadura é introduzida até a cota de projeto, a estaca está concluída. É importante ressaltar que todos os processos — desde a escavação até a concretagem — são monitorados por computador, garantindo a qualidade do serviço executado.

O monitoramento por computador também fornece informações de excentricidade e desaprumo. Essas informações são essenciais, pois existem limites normativos que devem ser respeitados.

Independentemente da dimensão da estaca, algumas excentricidades são aceitáveis por norma, sem qualquer correção, sendo o desvio máximo permitido de 10% da menor dimensão da estaca entre o ponto de aplicação das solicitações do pilar e o eixo da estaca. Nesses casos, aceita-se sem correção um acréscimo de até 15% sobre as cargas — seja a admissível ou a resistente de projeto.

Quanto ao desaprumo das estacas, não há necessidade de verificação de estabilidade e resistência, nem de medidas corretivas para desvio de execução, em relação ao projeto, menores que 1/100.

Diferenciais das fundações em estaca hélice contínua monitorada

Alta produtividade

Como o processo é monitorado, permite elevado ganho de qualidade e eficiência. Somado a isso, devido ao porte e à metodologia executiva utilizada, é possível obter produtividades muito superiores às demais tecnologias executivas. Por exemplo, é muito comum a execução de até 400 m de estaca em um mesmo dia.

Essa elevada produtividade torna as obras mais competitivas e agrega economia ao orçamento. Além disso, apresenta alta capacidade de carga, diminuindo o tamanho dos blocos de coroamento, e é capaz de penetrar camadas resistentes do solo.

Não causa vibrações

Ao contrário das estacas pré moldadas de concreto e metálicas, as estacas hélice contínua não causam vibrações no terreno. Isso ocorre por serem escavadas e não cravadas no terreno. Dessa forma as estacam causam pouca ou nenhuma perturbação nas obras vizinhas. É sempre importante realizar uma visita cautelar na vizinhança antes de se começar qualquer obra.

Baixa emissão de ruídos

Em decorrência de a ausência de vibrações no processo executivo de escavação e de os ruídos apresentados durante a execução serem baixos, esse tipo de estaca torna-se possível e aconselhável em empreendimentos próximos a diversas construções, sem o risco de danificá-las ou incomodar a vizinhança.

Entretanto, mesmo assim recomenda-se realizar laudo técnico nas edificações vizinhas antes e após a finalização da fundação, evitando futuros problemas.

Realização abaixo do nível de água

As fundações em hélice contínua podem ser executadas com confiabilidade e qualidade mesmo abaixo do nível de água por existir a possibilidade de concretagem submersa no processo executivo. Esse tipo de concretagem consiste em injetar o concreto do fundo do furo, com pressão monitorada, para o fundo do furo do terreno. Como a concretagem está sendo realizada de baixo para cima, o concreto não tem contato com a água. Está é expulsa do furo pela diferença de peso específico, impedindo a contaminação do concreto.

Limpeza do canteiro de obras

Além de elevada produtividade, facilidade de manuseio do equipamento, rapidez na execução, alta capacidade de carga, o processo executivo proporciona uma obra muito mais limpa do que quando são utilizados outros processos, uma vez que não necessita de água ou lama bentonítica. Contudo, é necessário elaborar um plano de logística para que o solo escavado seja retirado para locais apropriados.

Monitoramento eletrônico da execução

O monitoramento eletrônico da execução é acompanhado por inteiro na cabine de operação e gera diversas informações cruciais sobre o andamento do processo, como a pressão de concretagem, o torque, a velocidade de rotação, a profundidade, entre outras.

Essas informações ficam disponíveis tanto para o operador quanto para a equipe de engenharia que monitoram remotamente todos os dados de operação e proporcionam a correção instantânea de qualquer desvio de qualidade durante a execução da estaca.

Dois indicadores são os principais: torque e pressão do concreto. O torque da escavação pode ser relacionado com a resistência da estaca, enquanto o indicador de pressão do concreto deve sempre ficar positivo, pois significa que ele está exercendo esforço nas paredes do furo.

Quando a pressão do concreto fica negativa, existe o risco de deformação das paredes laterais da estaca comprometendo a integridade dela. Portanto, o monitoramento permite a correção de qualquer desvio, como velocidade, rotação e os demais parâmetros executivos necessários para produzir uma fundação de qualidade.

Situações em que a hélice contínua é mais indicada

Esse tipo de fundação é extremamente versátil, pois pode ser executado tanto em solos coesivos e não coesivos, como no arenoso. Também pode ser executado com ou sem presença de nível de água, não sendo o solo limitação direta para o uso dessa estaca.

Entretanto, esse processo executivo não é viável em solos com presença de matacões ou rochas, e o processo executivo demanda a utilização de equipamentos de grande porte, sendo necessário que apresente resistência superficial mínima para suportar o peso do equipamento durante a operação.

Além disso, precisa ser possível acessar o terreno com o equipamento, o que pode ser inviável em lotes muito íngremes ou sem áreas planas para instalação do equipamento.

Os equipamentos necessários para a execução dessa fundação são:

  • máquina perfuratriz hélice contínua;
  • trado contínuo;
  • bomba de injeção de concreto;
  • mangueiras de acoplagem com a bomba de injeção;
  • instrumento computadorizado para medição;
  • elemento de memória;
  • sensores de profundidade, velocidade, inclinação, pressão e torque;
  • pá carregadeira.
Fundações em estacas hélice contínua monitorada
Fundações em estacas hélice contínua monitorada

É importante analisar se esse tipo de fundação é viável economicamente, uma vez que o custo de mobilização dos equipamentos pode ser alto, dependendo da disponibilidade na região.

Como o lançamento de concreto é imediato, é essencial que o fornecimento e o bombeamento de concreto sejam contínuos, o que torna o sistema executivo não indicado para locais que não tenham concreteiras ou concreto suficiente para a produtividade.

A hélice contínua é uma das fundações mais utilizadas no Brasil justamente por todas as vantagens citadas no texto, como sua alta versatilidade e produtividade. Entretanto, é sempre importante analisar a viabilidade desse tipo de fundação para cada empreendimento, uma vez que a localidade ou a situação do terreno pode inviabilizar técnica ou economicamente o uso.

Gostou do texto? Então, aproveite a visita ao blog e assine a nossa newsletter. Assim você receberá mais conteúdos como este!